Anúncios

Algodão Doce também é Glamour!

3 jul

Algodão doce está na moda. Já faz um tempo que essa guloseima tão antiga voltou com tudo à cena “confeiteiro-gastronômica” e agora é atração das festas mais caprichadas por aí. Olha só essa foto pra ver do que eu estou falando:

6f793227546ed62c6a781cf3207421ee

Chá servido em xícara com algodão doce, chique! (foto: Zest Cozinha Criativa)

Passeando pela blogosfera me deparei com essa LINDEZA de algodão doce caseiro com uma cor dourada bela e irresistível.

5771960411_2fe9f6e5b7_z

Morri de vontade de fazer para testar, mas como não tive tempo (férias com criança em casa é puxado!) resolvi publicar a receita e as fotos da autora original, a Andrea do blog Cooking Books. Ela, por sua vez, tirou a receita do livro Sugarbaby, quero um pra mim já!

Achei lindo demais esse algodão doce dourado, e já imaginei fazer versões miniatura para decorar uma mesa mais sofisticada, como de Natal ou Reveillòn. Mas como o açúcar pode ser tingido de qualquer cor você pode fazer nas cores da festa do seu filho e impressionar todo mundo! Sucesso garantido.

Para fazer, você não precisa do auxílio de nenhuma máquina. O processo é totalmente artesanal, mas tem dois utensílios que são indispensáveis: um termômetro para doce que suporte altas temperaturas (veja duas versões aqui)  e um fuet “decapitado” (como na foto abaixo), que nada mais é do que um fuet baratinho que você vai cortar nas extremidades com um cortador de arame e abrir bastante as pontas, separando bem umas das outras (como a própria autora recomenda, é preciso abrir mais ainda as pontas do que na foto).

5772494482_3cf8926235

Ingredientes:

  • 4 xícaras (800g) de açúcar
  • 1 xícara (240ml) de Karo (glucose de milho)
  • 1 xícara de água
  • 1/4 colher (chá) de sal
  • 1 colher (chá) de essência de baunilha ou outro sabor
  • 2 gotas de corante na cor desejada (opcional – para obter o tom dourado não use nenhum!)

Em uma panela grande, misture o açúcar, a glucose, a água e o sal. Mexa em fogo médio até dissolver o açúcar. Com um pincel mergulhado em água, vá limpando os lados da panela para remover o açúcar que ficou grudado (isso evita a formação de cristais de açúcar na hora da fervura da calda). Aumente o fogo, coloque o termômetro e NÃO MEXA mais. Deixe ferver até atingir 160 graus. Retire do fogo, acrescente a essência e o corante (se for usar) e mexa.

Forre a superfície de trabalho com papel manteiga ou use uma folha de silpat.

Mergulhe a ponta do fuet decapitado na calda de açúcar e suspenda por um tempinho sobre a panela para escorrer o excesso de calda. Segure o fuet de cabeça para baixo a 30cm de distância do papel manteiga, e balance pra frente e pra trás formando fios finos de açúcar no papel. Repita a operação até obter um pequeno ninho de açúcar.

Imediatamente enrole esse ninho em volta de um palito de madeira. Se você demorar, o ninho de açúcar vai endurecer e se quebrar ao invés de se moldar ao palito. Apoie o palito em um copo e faça mais camadas repetindo toda a operação, até obter um algodão doce do tamanho desejado.

Sirva imediatamente para não derreter! Se precisar guardar, coloque em um recipiente hermético, pois o algodão doce não pode ter contato com a umidade.

Esse algodão doce não fica fofinho como os feitos em máquinas, mas o visual é incrível e, imagino, bem divertido de fazer! Prometo testar e compartilhar meus resultados aqui, aguardem!

5772496820_2fc47f17c7_z

5771957461_0094560cdf_z

Fotos (algodão doce dourado) e créditos: blog Cooking Books (veja mais aqui)

Anúncios

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: